“Em quanto tempo você é capaz de entregar esse trabalho?” Em 30min! “Não, rápido demais, faça-o lentamente ou pensarão que você está ocioso demais!”

Muitas vezes essa é a politica da empresa, ela não é capaz de se relacionar com aquele colaborador que realiza o trabalho rapidamente e entrega antes dos prazos e com resultados além do esperado. É ai que a lei do mínimo esforço entra em ação: o status-quo impera e a os movimentos começam a ser cada vez mais lentos, cada vez mais onerosos. Seu cliente acha que você faz tudo lento demais e que recebe qualidade de menos pelo tempo despendido.

Leva-se tempo até criar todo um sistema novo, uma nova política para toda a empresa ou uma nova cultura organizacional. Portanto, aproveite quem pode facilitar os processos, aqueles que dão ideias práticas para mudanças simples e rápidas nos processos diários. Deixe o planejamento pesado demais para coisas que, também, são pesadas demais para mudar.

Não tente reinventar a roda e criar desculpas para não realizar o prático por simples capricho ou porque ele vai ser realizado rápido demais. Tempo livre é ótimo para esfriar a cabeça, buscar coisas novas e gerar mais produtividade. Think about it.

Share on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn